Você me encontra também no Facebook e no Twitter

5 de junho de 2011

RIQUEZA E MISÉRIA




É irônico, mas o mesmo governo lidou com dois extremos nessa semana: de um lado, o ministro Palocci - ele ainda e de novo - tenta explicar como ganhou tanto dinheiro; e do outro, Dilma apresenta o programa que pretende tirar da extrema miséria uns 10 milhões de brasileiros que ganham menos de 70 reais por mês.

No primeiro caso, o do Ministro Consultor que combina uma entrevista exclusiva com a insuspeita Rede Globo ao invés de convocar uma coletiva ou comparecer ao plenário do Congresso, duas opções previsíveis.
Na combinada exclusiva da Globo, Palocci fala tudo, menos o que todo mundo quer saber: quanto ganhou? Quem pagou os serviços? O que rezam esses contratos? Em que medida estar no governo garantiu resultados?

Eu ainda tenho outra curiosidade e gostaria que o pessoal da área privada me ajudasse a entender: é normal esse lucro? As empresas de consultoria faturam tanto assim? Porque ele trata do assunto de ganhar 20 milhões em uns poucos anos como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Do outro lado, lá vem mais uma bolsa. Dessa vez pra puxar o pessoal lá do fundo do poço, os que ganham U$ 1,5 por dia, o que dá uns 45 dólares ou 70 reais.

Ora, Dilma, isso não existe. Se alguém disser que vive com menos de 70 reais por mês essa pessoa está morta ou está mentindo. Não é possível que alguém viva com menos de 3 reais por dia!
Portanto, sugiro que cancele esse programa, aumente o salário dos bombeiros, ou enfie essa grana no estádio do Corinthians, o que vai deixar seu chefe muito satisfeito.

Por fim, Palocci, eu quero te dizer que acredito que, se porventura há no Brasil quem ganhe - e viva - com menos de R$ 70,00 por mês é porque existem políticos que ganham 20 bilhões em quatro anos.