Você me encontra também no Facebook e no Twitter

14 de abril de 2013

VIRTUOSAS E SUBMISSAS

video



Por que algumas pessoas (talvez a maioria) são contra o casamento entre cidadãos com o mesmo tipo de genitálias?

Eu parto do princípio de que isso interessa aos homossexuais e deve ser resolvido por eles. Se o Jair vai casar com o Róbson isso é problema deles. Se forem meus parentes ou amigos, espero ser convidado. Se não, melhor, porque não vou gastar com presentes.

Os heterossexuais que cuidem das suas vidas porque a maioria não está conseguindo oferecer um modelo de família saudável pra achar que tem o direito de meter o bedelho na dos outros.
Existem questões práticas que devem ser organizadas e regulamentadas e só.

Mas aí vêm os crentes, católicos e evangélicos, querendo tratar o mundo como a sua paróquia. Baseiam-se em textos bíblicos para defender ou atacar pontos de vista. Ora, se algum dia puderem provar que a existência de Deus é mais que uma experiência íntima de fé e que, além disso, a opinião dele está expressa em textos, eu enfio o rabo entre as pernas.

Eu respeito a crença de todos e espero que a descrença seja respeitada. Padres e pastores devem cuidar do seu rebanho e criar regras exclusivamente para sua turma e parar com essa mania de achar que são portadores da verdade.

Deixar heterossexuais pervertidos, fundamentalistas homofóbicos, crentes preconceituosos decidir sobre a vida dos homossexuais é o mesmo que entregar às raposas o destino dos ovos. Quem cuida dos ovos é quem os põe. (E essa ficou uma metáfora estranha).

Assista ao vídeo que abre essa postagem e veja que belo projeto de família as pastoras propõem. Claro, se vivêssemos no século XIX.